O posto de trabalho mais isolado do mundo

Trabalhar na estação Concordia, na Antártida, é como estar em outro planeta

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

 

Imagem por Alex Salam via Universe Today
 
Quando seu único companheiro de trabalho é o computador, uma eventual sensação de solidão e isolamento é inevitável. Mas, segundo o site Universe Today, o posto de trabalho mais isolado do mundo não é o seu home office, mas a estação francoitaliana Concordia, localizada no coração da Antártida. A 3233 metros acima do nível do mar, Concordia é a única estação permanentemente ocupada no continente gelado. Entre 12 e 15 cientistas, pesquisadores e engenheiros passam meses ou até mais de um ano isolados em Concordia, onde no inverno, com temperaturas inferiores a -80 oC, não há nenhuma possibilidade de evacuação e a estação mais próxima está a 600km de distancia. É como trabalhar em outro planeta - e é exatamente por isso que esses cientistas estão lá.
 
 
Assine a revista Samuel. Apoie a imprensa independente.
 
 Concordia vista do céu pelo microsatélite Proba-1
 
 
Os pesquisadores que vivem e trabalham em Concordia estudam não somente o intocado gelo antártico, mas também o comportamento humano em um ambiente totalmente isolado e sujeito a tão severas condições, onde o trabalho em grupo é absolutamente necessário à sobrevivência. “O tédio e a monotonia são nossos maiores inimigos”, escreve o pesquisador Alex Salam, que em 2009 passou 13 meses na estação. “A escuridão consegue acabar com a motivação de qualquer um, não importa o quão determinado seja.' Mas a noite antártica tem algo de especial, lembra o médico: “o céu oferece uma visão que os admiradores de estrelas podem somente imaginar. Você só tem que ser rápido o suficiente para conseguir olhar para cima antes que as suas pálpebras congelem!”
 
 
Imagem por Alex Salam via Universe Today

 

Instituto de Arquitetos do Brasil critica órgãos de defesa do patrimônio de SP por privilegiarem 'interesses privados'

Governo Temer reproduz atos da ditadura militar contra imprensa, diz Fernando Morais; veja vídeo

Campanha 'Um Brasil justo pra todos e pra Lula' mobiliza artistas e intelectuais pelo país

 
Licença CreativeCommons: Atribuição CC BY

Leia Mais


Outras Notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Escravidão e Liberdade

Escravidão e Liberdade

A editora Alameda traz uma seleção especial de livros escravidão, abolição do trabalho escravo e sobre cultura negra. Conheça o trabalho de pesquisadores que se dedicaram profundamente a esses temas, centrais para o debate da questão racial e da história do Brasil. 

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias