A alegria ou a depressão do ano novo?

Pesquisas comprovam que há aumento de suicídios no dia de ano novo.

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

 

A cada 40 segundos, alguém no mundo comete suicídio, de acordo com a revista The Atlantic. Nos EUA, que as tentativas aumentam mais  às segundas-feiras, e mais na primavera do que qualquer outra época. Mas os principais feriados podem ser protetores. Há tentativas de suicídio no Natal, Ação de Graças, e Quatro de Julho nos EUA. Um dia muda essa regra. No dia de Ano Novo, em comparação aos outros feriados, os números significativamente aumentam por tentativa de suicídio por overdose."
Isso é o que a médica de emergências Gillian Beauchamp e seus colegas da Universidade de Cincinnati descobriram quando revisou mais de um milhão de "ingestão de remédios com intenções suicidas”, relatório feito pelo Poison Control.  Com receita médica, sem receita médica (casos de Tylenol), e ingestão de drogas de rua estão todos incluídos, menos auto-lesão (física).
 
 
O suicídio está entre as 10 principais causas de morte nos EUA, e no mundo em torno de um milhão de pessoas se matam a cada ano.
 
A singularidade do Dia de Ano Novo em termos de suicídio não é nova. Em 1987, o psicólogo David Lester juntou  dados sobre as taxas de suicídio em feriados importantes, e igualmente constatou que muitos menos pessoas se matam em feriados importantes em comparação com 01 de janeiro.
 
Beauchamp diz que uma possível explicação é que o Dia de Ano Novo, como segundas-feiras, e  primavera - carregam sentidos de novos começos, e você acha que pode transmitir sentimentos positivos de oportunidade - pode motivar algumas pessoas deprimidas suicida agir sobre as intenções que vinham  a considerar por um tempo. Dia de Ano Novo também significa o fim da temporada de férias para muitos, quando voltam para tempos relativamente solitários após alívio temporário de apoio social.
 
Assine a revista Samuel. Apoie a imprensa independente.

Instituto de Arquitetos do Brasil critica órgãos de defesa do patrimônio de SP por privilegiarem 'interesses privados'

Governo Temer reproduz atos da ditadura militar contra imprensa, diz Fernando Morais; veja vídeo

Campanha 'Um Brasil justo pra todos e pra Lula' mobiliza artistas e intelectuais pelo país

 
Licença CreativeCommons: Atribuição CC BY

Leia Mais


Outras Notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Escravidão e Liberdade

Escravidão e Liberdade

A editora Alameda traz uma seleção especial de livros escravidão, abolição do trabalho escravo e sobre cultura negra. Conheça o trabalho de pesquisadores que se dedicaram profundamente a esses temas, centrais para o debate da questão racial e da história do Brasil. 

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias