Boletim Diálogos do Sul Testeira

Diálogos do Sul Logo Banner

Boletim Número 08 – De 26 de agosto a 1 de setembro de 2013.

Herdeiros dos Cadernos do Terceiro Mundo, pretendemos que este espaço seja referência de todos aqueles que buscam a América Latina para o Brasil e uma referência do Brasil para a América Latina.

DESTAQUES DA SEMANA

ALERTA GLOBAL & SÍRIA

Contra o ataque ao povo sírio: basta de mortes e mentiras!

fora_imperialismo_da_siriaIndependentemente das posições que se tenha a respeito do governo da Síria, a defesa da autonomia deste povo irmão tem que ser a bandeira principal dos movimentos sociais de todo o mundo. Por uma verdadeira Paz mundial com justiça social, independência e soberania dos povos do mundo. As articulações internacionais, movimentos sociais e entidades de diferentes âmbitos que abaixo assinamos, repudiamos energicamente as manobras imperialistas do Governo dos Estados Unidos e seus interesses econômicos, que uma vez mais está fazendo preparativos para invadir a um país com a desculpa de querer impor a paz. Pedimos que se denuncie por todos os meios possíveis esta gravíssima situação.

LEIA, ASSINE e COMPARTILHE!

LEE, FIRMA Y COMPARTE: 

DIALOGANDO & ROSEMBERG CARIRY

No Ceará, a xenofobia veste branco

Mais Médicos“Acreditem, fui acometido de uma profunda vergonha, ao ver um ato de tamanha hostilização e incivilidade acontecer na minha terra, sob a tutela do Sindicato dos Médicos do Ceará. Pensei comigo: chegamos ao fundo do poço!Posso compreender toda a mística que se faz em torno do “Ceará Moleque” e do sentido cultural do uso da vaia, ao longo de toda a nossa história. Porém, se ser “Ceará Moleque” é vaiar médicos estrangeiros, afasto-me por inteiro de sua valia como modo de expressão, porque isto me cheira muito mais a xenofobia e a fascismo.” Rosemberg Cariry é cineasta, poeta e escritor. Colaborador da Revista Diálogos do Sul.

LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL
  • ENTREVISTA DA SEMANA

“Estou contente pelo fato de as mulheres africanas não terem cruzado os braços”, disse a presidente Banda à IPS. Foto: Katie C. Lin/IPS

JOYCE BANDA: “Quando falamos de pobreza na África, falamos de mulheres”

Na maioria dos países africanos, as mulheres sofrem há tempo uma variedade de dificuldades legais, econômicas e sociais. Estas desvantagens as colocam à margem da sociedade. As meninas carecem de oportunidades de acesso à educação. É típico na maioria das famílias africanas, quando os recursos são poucos, priorizar a educação dos meninos em detrimento da das mulheres. Os estereótipos sexuais perpetuados por pais, educadores, religião, mídia e sociedade em geral mantêm a tradição de que certos trabalhos sejam exclusivamente para homens e, como resultado, a maioria das mulheres acaba em empregos “feminizados”. Mabvuto Banda * IPS, Lilongwe, Malaia. LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL
  • DIALOGANDO

James Petras: "Obama é o mestre do engano".

JAMES PETRAS: A conspiração do terror

“A tagarelice da Internet evoca uma conspiração global e ressuscita a guerra global ao terror e toda a ofensiva de propaganda da conspiração do terror, lançada pelo regime Obama e disseminada pelos mídia, basea-se nas fontes mais frágeis que se possam imaginar e nos pretextos mais risíveis.  A alegação de uma ameaça global de terror, baseada na vigilância da NSA de dois líderes da Al Qaeda com base no Iémen, é tão frívola quanto implausível. Todos os dias por todo o ciberespaço um ou outro indivíduo ou grupo terrorista islâmico discute tramas de terror, fantasias e planos sem grande consequência. O regime Obama falhou em explicar porque, dentre milhares de “conversações” diárias na Internet, esta particular, neste momento particular, representa uma viável operação terrorista em curso.” James Petras *. LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL

FIDEL CASTRO: A mentira tarifada

“Não se trata simplesmente de que os foguetes de longo alcance apontem a objetivos militares na Síria, sim que esse valente país árabe, situado no coração de mais de um bilhão de muçulmanos, cujo espirito de luta é proverbial, declarou que resistirá até o último suspiro qualquer ataque a seu país. Por outro lado, indagamos sobre as atividades do mercenário jornal “Kommersant”. Em sua época foi um dos mais perversos meios a serviço da extrema direita contrarrevolucionária,  que se alegra com o fato do governo conservador e lacaio de Londres envie seus bombardeiros à Base Aérea de Chipre, prontos para lançar suas bombas sobre as forças patrióticas da heroica Síria, enquanto no Egito, qualificado como o coração do mundo árabe, milhares de pessoas são assassinadas pelos autores de um grosseiro golpe de Estado”. Fidel CastroLEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL

ACILINO RIBEIRO: Geopolítica, inteligência, estratégia e diplomacia – Do estigma ao paradigma – Parte I

O estudo da Geopolítica surge paralelo a sua utilização, que a partir de eventuais erros que vão surgindo aparecem correções que vão se adaptando a prática militar até então onde a Geopolítica somada a Estratégia é utilizada. Assim podemos afirmar que cientificamente a Geopolítica como tal, somado a Estratégia da qual falaremos mais adiante, foi formulada a partir dos estudos de Sun Tzú, general chinês que considerado um dos maiores estrategistas da história tinha profundos conhecimentos Geografia Política e de Estratégia Militar que somados lhe deram um maior e mais ampliado conhecimento de Geopolítica. Acilino Ribeiro é colaborador da Revista Diálogos do Sul. LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL

ACILINO RIBEIRO: Geopolítica, inteligência, estratégia e diplomacia – Do estigma ao paradigma – Parte II

Nesta segunda parte do estudo de Acilino Ribeiro aborda as questões de Estratégia, Paradiplomacia e Desenvolvimento, trazendo para o debate tema até ha pouco tempo restrito à Escolas de Guerra e reduzidos círculos acadêmicos. A atualidade do tema e necessidade de coloca-lo em debate é corroborada com as atividades ilícitas de espionagem praticadas pelos Estados Unidos e denunciadas por agentes arrependidos. Acilino Ribeiro * Colaborador da Revista Diálogos do Sul. LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL

ORLANDO SENNA: Cine Holliúdy de Ceará

“E agora Cine Holliúdy, tema de reflexões e debates mercadológicos, provocando a Ancine – Agência Nacional de Cinema a estudar um modelo de distribuição localizado e com poucas copias. Sabemos que a bilheteria dos cinemas já foi a fonte de retorno financeiro mais importante da indústria audiovisual e que hoje não é mais. Não é mais uma arrecadação direta substancial, a não ser para blockbusters transnacionais, mas é a vitrine para as outras janelas de exibição, o que mantém sua importância no mercado multimídia”. Orlando Senna é cineasta e colabora com a revista Diálogos do Sul. LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL

JORGE MANSILLA TORRES: Traição e sangue naquele dia terrível

Em fevereiro de 2006, em um ato diante de jornalistas, Evo Morales – que um mês antes tinha assumido democraticamente a presidência da Bolívia – disse que naquele sábado 21 de agosto de 1971, ele estava pastoreando lhamas e ovelhas nas montanhas de Urinoca, Oruro, e “escutei toda aquela transmissão triste e valente em um radinho de transistores que tinha”. Diante da imprensa Evo confessou que “esse dia eu me disse que também seria locutor”. A tirania fascista assim inaugurada se manteve sete anos no poder. Pobre república. Onde estão agora os canalhas desse tempo sinistro, há 42 anos? Jorge Mansilla Torres é poeta, jornalista e diplomata boliviano e colaborador da Revista Diálogos do Sul. LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL
  • BRASIL

CULTURA: Câmara aprova transformação do “Programa Cultura Viva” em lei

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou nesta terça-feira (27) proposta que torna lei o programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura (Minc). A medida está prevista no Projeto de Lei 757/11, da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ). Agência Câmara. O substitutivo também determina que os recursos para financiar o programa sejam transferidos diretamente para as organizações responsáveis por suas ações. Assim, dispensa-se a realização de convênios, acordos ou contratos e o dinheiro é depositado na conta corrente do beneficiário. LEIA +

SEGURANÇA PÚBLICA: Comitê pela Desmilitarização da Polícia é lançado em São Paulo

A policia Militar no Brasil, nasceu com a ditadura militar como força auxiliar do exército, o Ato Institucional número 5, definiu a relação da PM com as forças armadas, definindo o chefe do exército, por aprovação, quem são os chefes das policias estaduais. Neste contexto, é que desmilitarizar a policia é muito mais que a desmilitarização da policia militar, mas é desmilitarizar e despenalizar a vida, muito embora, desmilitarizar a policia e passar a gestão da segurança pública para o controle popular seja fundamental! LEIA +

DIREITOS HUMANOS: Erundina, a voz solitária contra a Lei da Anistia

Autora de um projeto que muda pontos da lei de anistia, Luiza Erundina se pronunciou novamente nesta quarta-feira sobre o assunto. Foi no seminário que o Congresso Nacional organizou para comemorar os 34 anos da lei. Assinada pelo presidente Figueiredo em 1979, a lei permitiu que todos os crimes políticos cometidos durante a ditadura (1964-85) fossem anistiados – inclusive os crimes cometidos pelos próprios agentes de Estado. LEIA +

  • AMÉRICA LATINA

Rio San Juan, na Nicarágua, é possível rota do canal interoceânico. Foto: Oscar Navarrete/IPS

NICARÁGUA: Nicarágua põe em risco sua água doce

Lei aprovada pelo governo da Nicarágua para entregar em concessão a uma empresa chinesa a construção e administração do canal interoceânico revogou o contexto jurídico que protege o Lago Cocibolca, o maior da América Central, suas bacias e seus afluentes. O alerta é das organizações não governamentais Aliança Nicaraguense Diante da Mudança Climática e Mesa Nacional para a Gestão de Risco, em representação de 20 entidades ecológicas do país. José Adán Silva * IPS. LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL

CUBA: Cooperação Cuba-Venezuela no extremo ocidental da ilha

Com um financiamento total de cerca de cinco milhões de dólares, o programa concentra suas ações atualmente no Conselho Popular de Sandino, a fim de implementar a rehabilitação de casas, centros educativos, instalações do setor da cultura e do comércio, confirmou para Prensa Latina Luis Hernández, presidente do governo local. Adalys Pilar Mireles * Prensa Latina, Cuba. LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL
  • MUNDO

Manifestantes egípcios se preparam para resistir à repressão militar. Foto: Sam Kimball/IPS

ORIENTE MÉDIO & EGITO: Irmandade Muçulmana resiste encurralada no Egito

Mohamed Elmasry, professor assistente de jornalismo e comunicação de massa na American University do Cairo, destacou que “a Irmandade Muçulmana é uma organização com raízes profundas, pois conta com centenas de milhares de membros comprometidos. Tem sido parte integrante da sociedade egípcia por mais de 80 anos. Se for proscrito e obrigado a atuar na clandestinidade, vai se adequar”, enfatizou. “No final, agiu dessa forma a maior parte de sua existência, e funcionou como uma organização religiosa e de serviço social”, acrescentou. Sam Kimball * IPS, Cairo, Egito. LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL

EUROPA & GRÉCIA: Salva-vidas afunda ainda mais a Grécia

O atual pacote de resgate para a Grécia terminará na primavera boreal de 2014. Então, este país afundará no desassossego, com um desemprego acima dos 30%. A economia terá sofrido contração superior a 27% desde o começo da crise. Enquanto isso, o futuro grego divide o Ocidente. O FMI e os Estados Unidos são partidários de políticas de desenvolvimento e de geração de empregos, possivelmente incluindo um grande perdão da dívida, mas a União Europeia, liderada pela Alemanha, exige mais austeridade. Apostolis Fotiadis * IPS, Atenas, Grecia. LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL

ESTADOS UNIDOS & DIREITOS HUMANOS: Racismo persiste nos EUA meio século após Martin Luther King

Grupos defensores dos direitos humanos como o Pew Charitable Trusts recordaram que, apesar da vigência da ADV, Carolina do Sul e Georgia implementaram subtis procedimentos segregacionistas baseados no requerimento de identificação para eleitores. Prensa Latina. LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL
  • DIÁLOGOS NA COZINHA

Cebolla encurtidaCOZINHA DO SUL: Cebola Curtida

Iniciamos uma coluna nova em Diálogos do Sul. Receitas saborosas e fáceis de fazer de diversos países. Começaremos com uma receita da culinária Equatoriana.

LEIA +

LEIA TAMBÉM EM ESPANHOL
  • MARVADA CARNE

cUBACUBA & BRASIL: Não ao Bloqueio dos Eua Contra Cuba & Sim aos Médicos Cubanos no Brasil

Neste momento em que à direita e os reacionários brasileiros desenvolvem uma virulenta e massiva campanha contra a presença de Médicos Cubanos no Brasil, nós da Diálogos do Sulnão só apoiamos o Programa Mais Médicos, que resultará em melhores condições de saúde para milhões de brasileiros, como julgamos também ser momento oportuno para fortalecer e difundir o Movimento Mundial Contra o Bloqueio dos EUA à Cuba e ações decorrentes como o incentivo à deserção de médicos cubanos em missão no exterior.  Aliás fica a pergunta se até nos EUA a capacidade da medicina e dos médicos cubanos é reconhecida, porque não aqui…

Saiba mais sobre está vergonhosa situação. CLIQUE AQUI!

  • AÇÃO & PARTICIPAÇÃO

lanamento-de-edital-amazoniaCarta de Repúdio ao Programa Amazônia Cultural

“Ressaltamos a necessidade de que tal edital se dê em formato de premiação, tendo em vista que aproximadamente 90% dos grupos, companhias, comunidades interessadas no presente edital não possuem condições de apresentar 20% dos custos do projeto em caráter de contrapartida. Por fim, ressaltamos a extrema necessidade de devolução dos R$ 10.000.000,00 (Dez Milhões de reais) que sumiram entre a divulgação/ elaboração do edital e sua publicação.”

SAIBA COMO PARTICIPAR DESTA AÇÃO!

Pelos Direitos do Público

Nós Somos o PúblicoA Campanha Pelos Direitos do Público dia após dia ganha novos adeptos que reconhecem sua importância no contexto das novas geografias e economias globais, nas quais à cultura e, em especial, o audiovisual são fundamentais para o pleno exercício das soberanias nacionais e preservação das identidades e diversidades culturais. Fortalecer e lutar pelos Direitos do Público! Este é o principal objetivo da parceria entre o Espaço Cultural e Revista Diálogos do Sul e o Observatório Cineclubista.

A Campanha é fundamentada na Carta dos Direitos do Público ou simplesmente Carta de Tabor, a luta pelos Direitos do Público é desenvolvida em todo o mundo pela FICC – Federação Internacional de Cineclubes e ganha dia após dia novos adeptos que reconhecem sua importância no contexto das novas geografias e economias globais, nas quais à cultura e, em especial, o audiovisual são fundamentais para o pleno exercício das soberanias nacionais e preservação das identidades e diversidades culturais.

LEIA, ASSINE e COMPARTILHE! Afinal, o PÚBLICO SOMOS NÓS!

Solidariedade aos três Combatentes que estão sendo perseguidos pelo Império: Bradley, Assange e Snowden

Nós, abaixo-assinados, solicitamos à presidenta Dilma Rousseff que o Governo Brasileiro conceda asilo político a Edward Snowden.
Pela dimensão de sua política externa nos últimos dez anos e capacidade enquanto nação soberana, acreditamos que o Governo brasileiro pode aceitar o pedido de asilo feito por Snowden, em uma conjuntura na qual, no Brasil e no mundo, crescem as vozes em defesa da liberdade de expressão, do respeito aos povos e da democratização da mídia.

LEIA, ASSINE e COMPARTILHE!

Campanha Nacional de Coleta de Assinaturas pela Reforma Política

Nós da Diálogos apoiamos esta iniciativa. Para que a Lei de Iniciativa Popular possa ser votada no Congresso Nacional, ela precisa ter um número de 1,5 milhões de assinaturas, e para alcançar esse objetivo, a Plataforma lança mais uma Semana Nacional de Coleta de Assinaturas pela Reforma. A idéia é mobilizar, entre o periodo de 5 à 11 de agosto, o maior número de pessoas em torno das assinaturas para a Lei.

PARTICIPE DESTA AÇÃO!

  • AGENDA DIÁLOGOS DO SUL

Curso de Jornalismo Internacional Alternativo no Espaço Cultural Diálogos do Sul

CartazCursoJIA_2Para ensinar uma nova maneira de noticiar o mundo, o Espaço Cultural Diálogos do Sul oferece o Curso de Jornalismo Internacional Alternativo, voltado para jornalistas, estudantes, militantes da comunicação alternativa e ativistas de movimentos sociais e ONGs. Afinal, são muitas das nações mais pobres, do chamado Sul Global que têm problemas e desafios semelhantes aos da nossa realidade. Será que não há o que noticiar sobre eles? Ou será que as práticas e técnicas da cobertura internacional na grande mídia estão viciadas em falar apenas dos países ricos, reforçando a ideia de que eles são “mais importantes” que os outros?

SAIBA +

Seminário Contra o Genocídio da Juventude Preta, Pobre e Periférica

O Seminário a ser realizado pelo Comitê Contra o Genocídio da Juventude Preta, Pobre e Periférica, tem como objetivo debater, analisar e propor formas de combater o extermínio da juventude pobre, preta e periférica, que por meio de um projeto político Genocida de Estado tem sido a principal vitima da violência policial no estado de São Paulo.

SAIBA +

  • CINEMATECA DIÁLOGOS DO SUL

CULTURA DIGITAL: A internet incomoda muita gente

Porque um Marco Civil para a Internet no Brasil!

Didático e esclarecedor !!!

Por Sergio Amadeu.

ASSISTA!!!


EXPEDIENTE

Clique AQUI e visite nosso sítio!

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Veja também nossa página no Google+

Visite também o Observatório Cineclubista e a Cinemateca Diálogos do Sul