Brasil

O que está por trás da visita do secretário de Defesa dos Estados Unidos ao Brasil?

0

Neste momento em que os governos da maioria dos países da região estão mais inclinados a se alinharem com os EUA a viagem do secretário de Defesa estadunidense tem dois objetivos principais: discutir a situação da Venezuela com uma posição clara de confronto e o estreitamento dos laços militares entre os dois países.

Lula é vítima de uma caçada judicial que já está registrada pela história

0

”Sou vítima de uma caçada judicial que já está registrada na história”, denunciou o ex-presidente e agora candidato à presidência do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva, que cumpre hoje 132 dias como preso político. Redação Prensa Latina* A acusação está contida em uma carta ao povo brasileiro escrita da cela da Superintendência da Polícia federal (PF) em Curitiba, onde permanece preso desde 7 de abril, e divulgada ontem depois do registro oficial de sua candidatura perante o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Há um ano, um mês e três dias,…

Jornalista aponta conexão entre Bolsonaro e político ultraconservador nos EUA

0

“É possível em pleno século 21 um político como Bolsonaro? Claro! Sobretudo, se não agir sozinho. Seu perfil pró-nazista, homofóbico, misógino e militarista tem sua contraparte americana; nem mais nem menos que o senador republicano Marco Rubio, que financia e apoia as aspirações do político carioca”, escreve o jornalista Luiz Alberto Rodriguez Por Luiz Alberto Rodriguez, no 247 Passadas as eleições no México, os olhos da América Latina se voltam para seu outro gigante, o Brasil. Em outubro próximo, o país realiza eleições gerais: de prefeitos, congressistas (deputados e senadores)…

Desafio das esquerdas é superar o derrotismo, derrotar o golpismo e vencer as eleições

0

O desafio das esquerdas agora é superar as mágoas, as sequelas da inevitável negociação das alianças dentro do mesmo campo e focar todas as energias para nosso objetivo comum: superar o derrotismo, ganhar as eleições e derrotar os golpistas. Neste sentido, temos em Lula nosso maior aliado.

O maior fake news foi a criação do fantasma do fake news

0

O Ministro Luiz Fux – um penalista no sentido mais restrito do termo – ameaçando com o fogo do inferno os geradores de fake news, apresentado por ele como a última grande ameaça à democracia. Fux convocou Ministério Público Federal, Polícia Federal, Gabinete de Segurança Institucional e quer instituir censura prévia.

Lava-Jato e desemprego: no Brasil, crimes de traição à Pátria seguem impunes

0

Os vários jornais indicam que a indústria da construção encolheu 20%. Apontam como causa a crise econômica e os mais inconsequentes aproveitam pra botar a culpa nas administrações do PT que os magos da economia estão tentando salvar.

“Debate mostrou que qualidade dos candidatos é péssima”, diz cientista político

0

Apesar de ressalvar que ainda estamos em um cenário em que “tudo pode acontecer”, o professor acredita, neste momento, que a campanha presidencial deve se encaminhar para uma repetição da polarização tradicional entre os candidatos do PT e PSDB, em paralelo a uma disputa para ver quem irá se consolidar como terceira força para romper com esse embate que se repete desde 1994. Luís Eduardo Gomes, do Sul21 Após meses de especulação sobre quem seriam os candidatos de fato à presidência da República, a semana que passou marcou a largada…

Grevistas de fome são recebidos por ministro Lewandowski no STF

0

Pressão dos militantes é para que Supremo dê agilidade às ADCs 43 e 44, que tratam da prisão após segunda instância. Cristiane Sampaio, da Brasil de Fato Os sete militantes de movimentos populares que estão em greve de fome em Brasília (DF) foram recebidos, na tarde desta quinta-feira (9), pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF). A audiência se deu após solicitação dos militantes que, na última terça-feira (7), enviaram ofício a cada um dos 11 magistrados da Corte, pedindo uma reunião para tratar da pauta principal da greve,…

Aviões militares estadunidenses pousam no aeroporto de Manaus

0

Dois aviões militares dos Estados Unidos pousaram nesta semana no aeroporto de Manaus, intrigando amazonenses; entre as suposições levantadas por todos que avistaram as aeronaves, estava a de que os aviões teriam trazido armamentos e militares para treinar na Amazônia, de onde seguiriam para realizar a suposta invasão à Venezuela. Da redação do 247* Dois aviões militares dos Estados Unidos pousaram nesta semana no aeroporto de Manaus, intrigando amazonenses, um ano após o presidente norte-americano Donaldo Trump afirmar que teria consultado seus assessores sobre a possibilidade de invadir a Venezuela.…

Desmonte e falta de investimento no SUS trazem de volta doenças evitáveis, diz médico

0

Para o professor do Curso de Saúde Coletiva da UFRGS e médico com formação em medicina comunitária Alcides Miranda, as explicações para o retorno de doenças imunopreveníveis estão inseridas em um contexto maior, de desarticulação do Sistema Único de Saúde (SUS), que atinge especialmente a rede de atenção à saúde básica.

“Só uma elite corrompida, rebaixada e imbecilizada pode abrir mão da Petrobras”

0

“Na nova ordem mundial do petróleo, só uma elite inteiramente corrompida e rebaixada, do ponto de vista moral, e completamente imbecilizada, do ponto de vista intelectual, pode abrir mão do controle estatal de seus recursos energéticos nacionais já conquistados”. Por José Luís Fiori, Carta Maior* Nas duas últimas décadas do século passado, a Guerra Irã-Iraque, entre 1980 e 1988, a Guerra do Golfo, entre 1990 e 1991, e o fim da URSS, em 1991, atingiram em cheio alguns dos maiores produtores e exportadores mundiais de petróleo, dividindo e enfraquecendo a OPEP,…

Brazil Delivery: Que desculpas irão usar para entregar o Aquífero Guaraní?

0

Talvez, nada consiga revelar a com mais nitidez a natureza do governo Temer do que os fortes, e recorrentes, indícios de que os golpistas pensam em entregar às multinacionais a maior reserva subterrânea de água doce do mundo, o Aquífero Guarani. Que argumentos irão usar para doar um dos maiores sistemas aquíferos do mundo, com área total de 1,2 milhão de km²? Por José Álvaro de Lima Cardoso, Desacato.info Segundo o Boletim Emprego em Pauta, do DIEESE, de julho/2018, com a crise econômica aumentou o número de brasileiros trabalhando por conta…

Educação no Brasil: Bolsonaro para os pobres, Paulo Freire para os ricos

4

A elite brasileira, que adora odiar Freire, compra a peso de ouro para seus filhos o ingresso em colégios influenciados por ele. Aos filhos dos pobres, resta a disciplina escolar do século XIX.

Guerra híbrida agora se volta para eleger Geraldo Alckmin

0

O conceito de guerra híbrida foi formulado em 2010 por estrategistas estadunidenses. A guerra híbrida é, em essência, uma guerra cibernética, não apenas para a destruição de sistemas e infraestruturas. Ganha importância a guerra da informação, que privilegia o candidato escolhido pelo capital financeiro e seus aliados internacionais: Geraldo Alckmin.

Intoxicação por agrotóxicos atinge escolas e envenena crianças em zonas rurais

0

Human Rights Watch alerta para os perigos da pulverização irregular em áreas próximas a população. Segundo a legislação brasileira, a pulverização aérea de agrotóxicos deve ocorrer a 500 metros de povoações, cidades, bairros e áreas de mananciais de captação de água para abastecimento. Mas esta regra é frequentemente ignorada.

Caso Herzog: resolver a violência do passado é enfrentar a exceção do Brasil de hoje

0

No cenário em que vivemos, a memória das nossas lutas de resistência, pela ampliação de direitos, pelo combate da desigualdade social, pela necessária justiça e reconhecimento aos que se opuseram dos mais diversos meios à ditadura e ao projeto de desigualdade e violência que ela representou, é um patrimônio valioso a ser cultivado e protegido. A condenação do Brasil pela Corte Interamericana de Direitos Humanos no Caso Herzog representa uma importante vitória nessa direção.

Acesso à informação sobre o aborto legal ainda é limitado no Brasil

0

Apesar do aborto legal ser um direito das mulheres, ele é pouco divulgado e esbarra em preconceito, falta de informação e até maus tratos de profissionais da saúde que atendem as pacientes. A campanha ”Legal e Seguro” é uma tentativa de ampliar o debate sobre o aborto e assegurar que o direito da mulher seja cumprido nos casos permitidos pela legislação.

Dos mananciais secos à falsificação da cerveja: o negócio da água

0

As transnacionais que dominam o mercado de refrigerantes e cervejas, ao qual incorporaram a água engarrafada, também estão entre os grandes predadores da água. Nestlé e Coca-Cola e agora também a Ambev precisam ser investigadas e condenadas.

No Brasil, cresce a resistência ao movimento Escola sem Partido

0

Movimentos semelhantes ao Escola sem Partido estão se espalhando em outros países. Como no caso do Peru, do Equador e do Chile. A versão em espanhol do movimento a favor da censura nas escolas do Brasil é chamada de “Con Mis Hijos No Te Metas”, em português “Não se meta com meus filhos”.

Caravana Semiárido Contra a Fome denuncia risco de Brasil voltar ao Mapa da Fome

1

“Nosso papel como movimentos populares é fazer a resistência, fazer a denúncia e apresentar propostas para que possamos diminuir esse risco de voltar ao Mapa da Fome e dar passos no sentido de eliminar, de uma vez, essa desgraça que é a fome. Entrevista especial com Cícero Felix.

Projeto Escola Sem Partido: quando o interesse privado sufoca a esfera pública

0

É preciso combater o Escola Sem Partido, mas não apenas os projetos de lei. É preciso combater também o seu discurso e discutir que educação, que escola e que sociedade queremos. É preciso lutar por uma educação democrática. Precisamos de uma educação que combata os discursos de ódio e que seja voltada para o respeito aos direitos humanos.

No Brasil, morre uma criança por hora: ECA é referência, mas precisa ser aplicado

0

Considerado modelo de lei para a garantia de direitos na infância e juventude, o Estatuto da Criança e do Adolescente, mais conhecido como ECA, completa 28 anos neste mês de julho. Ariel de Castro Alves, coordenador da Comissão da Infância e Juventude do Condepe-SP, comenta os 28 anos do Estatuto.

A entrega da Embraer: uma (má) novela geopolítica

0

Por que, afinal, o atual governo brasileiro é tão incapaz de agir de modo minimamente comprometido com o interesse nacional? Esperemos que as eleições presidenciais restabeleçam a democracia no Brasil e que a entrega da Embraer – e tantos outros absurdos deste desgoverno – seja desfeita.

A privatização do sistema de saúde e o desmonte do SUS

0

O mercado não quer regulação, ele quer o mercado livre, porque, do contrário, os planos de saúde não podem rescindir os contratos, não podem reajustar seus preços de acordo com o que querem. E o pior é que a ANS está capturada 

“Qualquer voz subalternizada que se levante é voz utópica”, diz Conceição Evaristo

0

Existem várias formas de pensar uma utopia, algumas muito distantes da nossa realidade, outras nem tanto. “Uma forma de utopia é ter uma mesa de um festival internacional composta por dois negros”, interpretou o Pastor Ariovaldo Ramos dando início ao debate “Utopia”, que encerrou o Festival de mesmo nome, realizado na cidade de Maricá, no Rio de Janeiro.

Condenados em protestos de 2013 denunciam criminalização de mobilizações populares

0

Oito dos 23 militantes políticos condenados à prisão esta semana pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) pelos protestos realizados em 2013 e 2014 contra os gastos com a Copa do Mundo concederam uma coletiva de imprensa no Sindicato dos Profissionais da Educação do Estado do Rio de Janeiro (SEPE), nesta quinta-feira (19) no centro do Rio. Jaqueline Deister, no Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)Entre os militantes presentes estavam estudantes e professores da rede pública de ensino e de universidade. Os manifestantes denunciaram a criminalização…

Notas de conjuntura pré-campanha eleitoral: uma visão à esquerda

0

A esquerda mais à esquerda terá tanta chance de influenciar nos acontecimentos quanto mais força social e organização de base devidamente articulada e fazendo sentido com a maioria, estes setores puderem incidir. A campanha eleitoral formal ainda não começou, mas a luta antifascista não espera soar o gongo para entrar no ringue.

Nestas eleições, esquerda deve debater a fundo o projeto de política externa do Brasil

0

No Brasil, as questões relativas à inserção internacional do país normalmente não têm centralidade nos debates e programas eleitorais. Ao contrário dos temas atinentes à política econômica, educação, saúde, segurança pública etc., a política externa ocupa espaços secundários, muito restritos, nos discursos eleitorais.

“Política foi demonizada para acabar com participação popular”, diz presidente da CUT

0

Em entrevista ao Sul21, Freitas avalia os impactos da Reforma Trabalhista após um ano de aprovação, além de refletir sobre a própria organização do movimento sindical. “Houve a extinção do direito ao trabalho. O que temos hoje não é emprego. É ‘bico’”, aponta.

Setor repudia MP de Temer que entrega filé do saneamento à iniciativa privada

0

A privatização do saneamento básico defendida por Temer é questionada até pela ONU. Nos últimos 15 anos, mais de 180 cidades, em todos os continentes, remunicipalizaram o serviço que não funcionou sob comando privado.

Frei Betto| Depressão brasileira: qual o projeto de país que almejamos?

0

Depressão é termo polivalente. Aplica-se ao desnível da estrada e à crise econômica. Outrora a medicina a denominava melancolia. Estado de desalento, desânimo, desesperança. Eis o clima do Brasil hoje. “Numa terra radiosa vive um povo triste”, escreveu Paulo Prado em “Retrato do Brasil”. Frei Betto* Não é para menos. O desemprego atinge quase 14 milhões de pessoas; a reforma trabalhista de Temer retirou direitos conquistados; o pré-sal é vendido a estrangeiros; o PIB recua; a violência urbana e rural se acentua; o assassinato da vereadora Marielle Franco prossegue sem…

Laura Carvalho: “Política econômica é dominada por interesses particulares”

1

Um passo para frente, um para o lado e um para trás. Essa é a dança da economia brasileira que a economista Laura Carvalho descreve no livro “Valsa Brasileira: do boom ao caos econômico”, lançado em maio e que ficou na lista dos mais vendidos do País, com mais de 10 mil exemplares comercializados.

Lula: “O Brasil voltará a ser dos brasileiros”

0

“Para as petroleiras, é como comprar um bilhete premiado da loteria. Para o Brasil, é como vender a galinha da fábula, que botava ovos de ouro”. Luís Inácio Lula da Silva* Com fortes críticas ao governo Michel Temer, que chama de golpista, e ao PSDB, Lula mostra preocupação com o projeto de cessão onerosa dos campos de pré-sal. Além de questionar o preço, ele diz que “as chances de achar petróleo nesse campos são praticamente totais, porque já mapeamos as áreas”. Confira a íntegra da carta: Enquanto o país prestava…

A ressaca do golpe e a política que inviabiliza a reorganização nacional

0

O rol dos crimes da súcia que tomou de assalto o governo  na ressaca do impeachment — instrumento de um golpe de Estado bem mais profundo do que sugerem as aparências — registra a cada dia uma nova  façanha. É o coroamento de uma política de terra arrasada cujo objetivo é  inviabilizar a reorganização nacional que pode emergir das eleições de outubro próximo como um clamor, se os deuses do Olimpo  imperscrutável finalmente se apiedarem deste país falho em lideranças, pobre de sonhos e temente do futuro.

Editorial | Proibido privatizar sem o aval do Congresso: Por fim, a volta do bom senso

1

Ricardo Levandowiski, juiz do Supremo Tribunal Federal (STF), a mais alta corte de justiça do país, determinou proibir o Poder Executivo de privatizar empresas e recursos estatais sem autorização do Pode Legislativo e sem licitação prévia.

Passeata dos 100 mil contra a ditadura completa 50 anos; relembre o estopim do ato

0

26 de junho. Neste dia cerca de 100 mil pessoas marcharam calmamente pelas ruas da “cidade maravilhosa”, na maior manifestação oposicionista desde a implantação da ditadura militar em 31 de março de 1964. Marchando juntos estavam estudantes, professores, intelectuais, artistas, clero progressista e os assalariados urbanos, que tiveram grande papel no conflito ocorrido alguns dias antes.

“Parem de nos matar”: sobre a dor da morte de Marcus Vinicius e a necropolítica no Brasil

0

No governo golpista de Michel Temer, em fevereiro do corrente ano tivemos, via medida provisória Nº 821, publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de fevereiro de 2018 a criação do Ministério da Segurança Pública. A nova pasta tinha por objetivo, a integração das ações governamentais na área do combate à violência.

O mercado surtou nesta terça; 20 fatos sobre a conjuntura de azar em que vivemos

0

Terça-feira, 19 de junho, o tal do mercado parece que entrou em surto psicótico. No mundo! Colocamos números na sequência dos fatos, sem nenhuma razão cronológica ou de importância. Apenar para facilitar o entendimento.

Editorial | A quem servem os escândalos midiáticos e a nova disparada do dólar?

0

Quando a mídia faz escândalo em torno de algum tema, fiquemos de olho, porque algo mais está por trás. Há que perguntar sempre: quem se beneficia? E lembrar do velho ensinamento dos mestres do jornalismo: corra atrás do dinheiro que você descobre.

Quando os juízes da Lava Jato serão cobrados pelas perdas ocasionadas ao país?

1

Ninguém diz, mas é fato que a força tarefa da Operação Lava Jato paralisou a manutenção e o investimento nas refinarias e também as obras de novas refinarias, como a Abreu de Lima, em Pernambuco. Isso é válido também para as usinas hidrelétricas. Paralisados, esses projetos só produzem dívidas. Paulo Cannabrava Filho* Diante da greve dos caminhoneiros, que paralisou o país por dez dias, o país começou (ou deveria ter começado) um processo de reflexão sobre os porquês de termos chegado a este ponto. Como contribuição a isso, a revista…

Por que ofender os jericos? Tendo ferrovias desenvolvidas, Brasil optou por rodovias

4

Um pouco de história ajuda a compreender o presente e a construir o futuro. Vejam se não é coisa de ofender jericos: o governo elegeu o transporte viário, ou seja, veículos que queimam combustíveis de origem fóssil, rodando sobre asfalto, também de origem fóssil.

Quer saber de quem é a culpa pela crise dos combustíveis? Pergunte ao FHC

2

O Brasil viu, atônito, uma greve de caminhoneiros parar o país. A crise gerada pela mobilização causou uma grave instabilidade no país, derrubou o então presidente da Petrobras, Pedro Parente, colocou em xeque a política de preços da estatal e quase fez cair Michel Temer, o ilegítimo.

Nem todos os fogos são de artifício…

0

…junho promete… Vanderlei Dos Santos Catalão* …uma copa bestial; um desgoverno abestado; mídia-judiciário-empresas “arrependidos” por terem alimentado a besta; bolsões de boçais pedindo intervenção militar; o pmdbosta de sempre aliado do falido q se acha psdbest…besteiras com ares soft e cult; bastas desgastados; bestificado consumo; ….não adianta enfeitar com bandeirinhas, nem disfarçar o quentão pq a fogueira q arde não é a de são joão… …cumpre-nos declarar por dever de ofício: nem todos os fogos são de artifício…

Petróleo e crise política: Temer não caiu. Fortaleza dele ou fraqueza da oposição?

1

A revista virtual Diálogos do Suldecidiu procurar os porquês desta crise do petróleo e tenta, em uma série de artigos que iniciamos nesta terça-feira (5), explicar os fenômenos que deixaram o país à beira do caos.

Editorial: Finalmente temos uma greve política

0

Arre! Até que enfim temos trabalhadores mobilizados numa greve política. Pois são reivindicações políticas tanto a paralisação dos caminhoneiros como a dos petroleiros. E não vamos esquecer dos professores, invisibilizados pela mídia.

Quarta, 30 de maio, é dia nacional de luta

0

As Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo lançaram uma nota chamando para atos nesta quarta-feira (30) contra a política de preços da Petrobras, pela demissão do presidente da estatal, Pedro Parente, em defesa da queda do preço dos combustíveis; pela saída do governo ilegítimo de Michel Temer da presidência e a convocação de eleições limpas. Leia a íntegra: Pela redução do preço do gás e do combustível, Frentes convocam dia nacional de luta. O povo brasileiro está indignado com o alto custo de vida, o valor do gás e…

“Em todo o mundo, austeridade é uma máquina de produzir desigualdades”

0

Compreender as múltiplas dimensões da desigualdade no Brasil requer levar em conta os profundos desajustes nas cargas tributárias, isso porque a política tributária se caracteriza por ser intensamente regressiva. O que isso significa? Que os mais pobres pagam mais impostos, à medida que a taxação nos produtos compromete mais a renda que das populações mais abastadas, cujo rendimento financeiro é, proporcionalmente, menos taxado. Ricardo Machado, no IHU online  “O Brasil já teve uma tributação mais progressiva, entretanto, desde os governos militares as alíquotas máximas de imposto de renda, que já atingiram 65%, foram reduzidas até o patamar atual de 27,5%. Na Alemanha a alíquota…

Crise: da demissão de Parente à privatização da Petrobras: o que querem os presidenciáveis

1

A greve dos caminhoneiros contra o preço dos combustíveis ganhou o noticiário nacional. No centro da discussão, a cobrança para adoção de alguma medida pelo governo Temer (MDB), que alterou em 2016 a política de preços praticada pela Petrobras, passando a pautá-la pelo mercado internacional, o que levou o preço médio da gasolina no País a atingir R$ 4,28 no final da semana passada, o maior da história do Plano Real. Sul21 À medida que os efeitos da paralisação passam a ser sentidos pela população nos postos, no transporte público,…

Política de preços da Petrobras só beneficia os Estados Unidos, denunciam engenheiros

0

Na avaliação da Aepet, a alta dos combustíveis, que tem gerado revolta na população, e motivou o protesto que está paralisando as estradas do país, é resultado de uma política na gestão da Petrobras que tem como fundo beneficiar os Estados Unidos.

Editorial: Nossos supremos juízes e a (não) renovação nas eleições de outubro

0

Enquanto nossos supremos juízes estraçalham a Constituição, o país se torna ingovernável. Delfim Neto, professor da USP, foi secretário estadual em São Paulo, serviu a todos os governos militares, seja como embaixador, ministro de Planejamento, da Fazenda, deputado federal de 1987 a 2007… É justo pensar que se trata de alguém com muita experiência e manejo nas esfera de poder. Pois bem. Delfim escreve na revista semanal Carta Capital e tem manifestado preocupação com “o nível de desagregação na Administração Pública, na União que — a coisa não é muito…

“Queremos acabar com falta de representação indígena na política”, diz Sonia Guajajara

0

Mulher indígena do povo Guajajara/Tentehar, nordestina do Maranhão, especialista em educação, de 44 anos, Sonia Guajajara é a primeira pessoa indígena a concorrer em uma chapa presidencial no Brasil. Fernanda Canofre, no Sul21 Sonia Guajajara, coordenadora da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), foi a escolhida dentro do PSOL para ser a vice-presidente — ou co-presidenta — do líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos. Apesar de ser filiada ao partido há algum tempo, essa é a primeira vez que ela disputa uma eleição de política…

Degradação ambiental e criminalização: o impacto da Vale para os povos indígenas

0

“Com a mineração, a destruição é muito mais brutal porque não é só implantação de capim, é a destruição que se dá no solo, que se dá com a poluição das águas. Isso nós vimos aqui, e a desestruturação das comunidades, isso nós percebemos, com a implantação da ferrovia pela Vale”. Lilian Campelo, no Brasil de Fato Quando o trem carregado de minério passava por dentro de Santa Rita, no Maranhão, a diversão de Mateus Tainor, com 24 anos, e de outras crianças era correr para a beira da ferrovia…

José Dirceu: Subestimamos a direita e politizamos pouco a sociedade

0

Apesar da convicção de que seria preso em breve, José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil no governo Lula e um dos principais formuladores políticos do Partido dos Trabalhadores (PT), se mantinha calmo quando recebeu o Brasil de Fato, na segunda-feira (14), para a última entrevista formal que daria antes de ter sua prisão determinada pela segunda vez

Privatizar Eletrobras é mau negócio: perde a engenharia nacional e a sociedade em geral

0

Fracassada a intenção de aprovar a reforma da Previdência, sob o argumento de necessidade de fazer caixa, o governo federal agora tenta emplacar a privatização da Eletrobras. “Frustrada aquela tentativa, [o governo] voltou suas metralhadoras para o grupo”, atesta José Antonio Latrônico Filho, representante da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) nas negociações coletivas com a holding e presidente da Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas (Abee). Para tanto, aparentemente, vale tudo: conforme divulgado pela Agência Sportlight, a atual gestão da Eletrobras contratou sem licitação assessoria de comunicação por R$1,8 milhão para…

História do Brasil é marcada por laços entre Justiça e donos do dinheiro

0

Se aprofundássemos mais nossa própria história, a História do Brasil, e citássemos menos os autores estrangeiros, talvez pudéssemos estar mais preparados para as desventuras que nos perseguem através de tribunais e de representantes de um poder judiciário sob controle de centros imperiais. Ceci Juruá* Laços entre juristas e a gente do ouro e da moeda -a banca- são antigos, formam pilares históricos do capitalismo e constituem um elemento que lhe é consubstancial. Quando o Brasil foi ocupado, as três Américas (então designadas “Novo Mundo”) eram territórios onde a lei era…

A União está quebrada em todos os sentidos e, em todos, por irresponsabilidade

2

A União está quebrada em todos os sentidos e, em todos, por irresponsabilidade. A irresponsabilidade na administração pública levou à quebra o Tesouro Nacional, ou seja, as contas a receber e a pagar do governo. Em termos empresariais, isso significa que o Estado faliu e deve mais de R$ 4 trilhões, quase 80% do PIB.

130 anos de uma abolição inacabada: Lei Áurea libertou, mas abandonou as pessoas

0

Conservadora e curta, com pouco mais de duas linhas, a Lei nº 3.353, a chamada Lei Áurea, decretou, no dia 13 de maio de 1888, o fim legal da escravidão no Brasil. Mas se a escravidão teve seu fim do ponto de vista formal e legal há 130 anos, a dimensão social e política está inacabada até os dias atuais. Essa é a principal crítica de estudiosos e militantes dos movimentos negros à celebração do 13 de maio como o dia do fim da escravatura.

Ano eleitoral: vamos debater a corrupção e os maus costumes

0

Ano eleitoral. Moralidade, a corrupção, é tema principal, dizem pesquisas. E repetem candidatos a presidente, governos, legislativos. E juízes, procuradores… Bob Fernandes* Muitos recebem auxílio-moradia mesmo morando na cidade onde trabalham… Enquanto punem a imoralidade alheia. O que é certo ou errado, correto ou não? O que deve ou não ser respeitado em nome do bem comum? Esse debate deve mirar autoridades, obviamente. Mas não só. E não só, no topo dos maus costumes, a corrupção mias óbvia. Na Avenida Paulista, por exemplo. A metros da Justiça Federal, da Procuradoria,…

Comparato: “Temos duas Constituições e uma democracia incompleta no Brasil”

0

Desde 1824, pouco depois que se instaura a independência do Brasil, o país passa a ser regido por duas Constituições e isso atravessa toda a monarquia e os períodos de regime republicano, chegando aos dias de hoje. É o que acredita o jurista Fábio Konder Comparato.

50 anos depois, “1968 operário” é lembrado em Sábado Resistente

0

O evento que faz parte dos eventos programados na cidade de Osasco denominados “Osasco 1968+50” será às 14h00, e tratará sobre os acontecimentos que marcaram o ano de 1968 para a classe operária, especialmente as primeiras greves nas cidades de Contagem (MG) e de Osasco (SP). Divulgação* No dia 12 de maio, o Memorial da Resistência, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, realizará mais uma edição do Sábado Resistente, projeto realizado em parceria com o Núcleo de Preservação da Memória Política. Com o golpe militar de 1964 no Brasil, principalmente…

Todos querem morar bem: da tragédia em São Paulo à especulação imobiliária

0

Ninguém quer morar nas encostas de morros, à beira de esgotos, no meio dos ratos e baratas, rodeados de mal cheiro por todos os lados. As pessoas só habitam esses lugares por falta de alternativa. Roberto Malvezzi (Gogó), no Pravda Ninguém quer morar em espeluncas, em prédios deteriorados, sujeitos a incêndios e desabamentos a todo o instante. Mas, morar bem precisa de dinheiro. Os muito ricos fazem suas mansões e escolhem o lugar, muitas vezes em condomínios construídos em áreas de preservação ambiental, como é o caso de tantos ao…

“Intolerância religiosa é perversa, é o povo preto atacando a si mesmo”, diz socióloga

0

“A população das igrejas evangélicas (e grande parte dos católicos, também) é de pessoas pretas, pobres e periféricas. Assim, o que vemos é muito perverso, pois se trata do povo preto atacando o próprio povo preto”. O questionamento é feito pela socióloga Simony dos Anjos em entrevista.

O crime do padre Amaro: Defender a vida e o direito à terra para os camponeses

0

Já se vão trinta dias de mais uma prisão injusta no Brasil. Seria apenas uma estatística, afinal, isso é mais regra que exceção. Mas, para os lutadores sociais do Pará e de toda a região Norte, o preso em questão não é só um número. Ele tem nome, sobrenome e trabalho junto aos empobrecidos. É o padre Amaro, cujo pecado cometido não tem nada a ver com o do romance do Eça de Queirós.

Luto e luta: a vida após o incêndio no edifício Wilton Paes de Almeida, em SP

0

As famílias que sobreviveram ao incêndio estão em barracas e colchões ao ar livre, em frente a igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, no Largo do Paissandu, a poucos metros do edifício.

É possível superar o discurso de ódio na sociedade brasileira ?

0

O ódio tem uma “função” de detectarmos que não estamos sozinhos no mundo. Por ser constitutivo, o ódio não tem cura — no sentido de doença ou espírito maléfico. Agora, o que fazemos com o ódio, o modo como ele é manuseado na cultura, é de outra ordem.

Os impactos iniciais dos primeiros seis meses da reforma trabalhista

0

Em mais um 1º de Maio, o trabalhador tem pouco ou quase nada a comemorar – e muito ou por quase tudo a lutar. Seja pelo persistente flagelo do desemprego, que voltou a crescer em plena “recuperação”(sic) econômica, como anunciou o IBGE no dia 27/04/2018[i]– e com ele a dura realidade da miséria, que só aumenta e se consolida[ii]. Seja, para aqueles que possuem a estranha sorte de estar na máquina de moer do capital, pelas condições precárias de trabalho e o cotidiano de exploração, aguçados e ainda mais legitimados…

Marcio Pochmann: Neoliberalismo, o grande inimigo da valorização do trabalho

1

O governo golpista de Michel Temer impôs ao país a “reforma” trabalhista com o argumento de flexibilizar os contratos, mas os resultados são aumento da desigualdade e queda da renda do trabalhador

Política de Temer faz trabalhador trocar direitos por emprego de baixa remuneração

0

O aumento de empregos com baixa remuneração aprofunda o cenário de precarização enfrentado pelo trabalhador brasileiro no governo de Michel Temer. Segundo o Cadastro de Emprego e Desemprego do Ministério do Trabalho (Caged), as vagas formais que cresceram foram aquelas com remunerações de até dois salários mínimos.

Marcia Tiburi: Delírio nacional, uma reflexão sobre a irracionalidade e a loucura

0

Discursos irracionais por todo lado. Ideias estapafúrdias provenientes dos mais diversos personagens na cena pública. Mentiras deslavadas nos meios de comunicação de massa. Fundamentalistas religiosos a dominar o poder político e econômico com posturas e falas cínicas. Tribunais em gambiarras teóricas a rasgar pomposamente a Constituição. Marcia Tiburi* Falas sem sentido, jargões e clichês de cidadãos comuns que seguem a opinião dos personagens políticos e midiáticos e se expressam pateticamente no cenário das redes sociais, nas ruas, nos mais diversos ambientes. Juras de morte. Apologia do ódio, proposições de caos…

Memória, verdade e justiça ou as homenagens indevidas

0

Enquanto na Europa as cidades revogam leis que prestam “indevidas homenagens” à civis e militares que atentaram contra as liberdades democráticas, no Brasil, justiça gaúcha considera inválida lei aprovada pela Câmara Municipal de Porto Alegre e Avenida da Legalidade e Democracia volta a ser denominada como Avenida Castelo Branco, homenageando um dos Generais que lideraram o Golpe Civil-Militar de 1964, impondo ao país 21 anos de Ditadura.

Atitude da senadora Ana Amélia foi racista e islamofóbica, diz instituto árabe

0

O Instituto de Cultura Árabe soltou nota de repúdio às declarações da senadora Ana Amélia (PP – RS), que na tentativa de mais um passo em direção à criminalização do PT e da presidente do partido e senadora Gleisi Hoffmann (PT – PR), acabou por demonstrar um posicionamento errôneo e eivado de desrespeito. O ataque feriu um povo, uma cultura.

“Empresários não querem extinção do SUS, querem SUS conveniente com seus interesses”

0

Em meio a um cenário de desmonte das políticas sociais como um todo, e às políticas de saúde especificamente, a proposta de construção de um “Novo Sistema Nacional de Saúde”, ainda mais partindo de uma entidade representativa do setor empresarial, foi vista como um ataque direto ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Movimentos sociais lançam campanha pela revogação do teto dos gastos, a “EC da morte”

0

A Campanha é promovida pela Coalizão Anti-austeridade e pela revogação da Emenda Constitucional 95 e visa estimular o debate público sobre os impactos negativos da chamada política econômica de austeridade no cotidiano da população e articular um conjunto de ações destinadas a dar fim a Emenda do Teto dos Gastos Sociais.

Presente de Grego? Estados Unidos doam Tanques de Guerra ao Brasil

10

O Brasil já foi, na década de 1980, um dos três maiores produtores de tanques no mundo. A Engesa desenvolveu os tanques blindados nacionais Cascavel e o Urutu, que foram exportados para América Latina, África e Oriente Médio. A doação recente dos EUA leva o Brasil à dependência estadunidense quanto à reposição de equipamentos e peças, fator intolerável em tempos de guerra.

Por que governo Temer tenta vender a Eletrobras a galope?

2

A privatização do setor elétrico no Brasil, encaminhada de forma apressada pelo governo golpista, será útil para ajudar a resolver os problemas das multinacionais do setor e dos grupos que vão ganhar dinheiro com a privataria, que caracteriza sempre os processos de privatização em todo o mundo. Pretendem privatizar o sistema elétrico brasileiro porque ele é filé mignon e proporcionará muitos lucros aos grupos econômicos que o arrematarem a preço de banana.

Ato contra prisão de Lula lota teatro em Lisboa; Boaventura fala em fascismo

1

A manifestação internacional de solidariedade organizada pela Fundação José Saramago, nesta quinta-feira (12), pede a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O ato contou com a presença de Boaventura de Sousa Santos, Guilherme Boulos (PSOL), Tarso Genro (PT), Pablo Iglesias, entre outros

USP colaborou com ditadura militar para assassinato e tortura, diz estudo

0

O período da história da USP que vai de 1964 a 1985 é marcado por graves violações de direitos humanos, que atingiram duramente docentes, funcionários e alunos. Esta é a conclusão do relatório da Comissão da Verdade da USP, entregue no final de março ao reitor Vahan Agopyan. Composto de dez volumes, o material traz relatos e documentos que tentam esclarecer os fatos ocorridos na época.

Mulheres pretas, como Marielle, são menos de 1% nas Câmaras de Vereadores do Brasil

0

O gargalo para a participação delas na política já pode ser percebido na entrada para a disputa, quando se observa o números de candidatas. Nas eleições municipais de 2016, quando Marielle se saiu vitoriosa, como a quinta mais votada, apenas 14,5% do total de candidatos para inscritos para os cargos de vereador, prefeito ou vice-prefeito eram mulheres eram negras. Dessas, menos de 3% eram pretas.

Na América Latina, floresce uma primavera de milhões de Lulas 

4

Lula se encontra nos braços queimados dos que cortam cana de sol a sol, no lombo partido dos que carregam sacos nos mercados, nas mãos gretadas dos pedreiros, nas palavras dos diaristas. Nas mãos criadoras dos artistas de rua.

Ódio a Lula: quando a aristocracia não aceita sentar-se à mesa com o plebeu

2

Começo, então, com a pergunta que não quer calar, com a pergunta que, talvez, seja a mais importante de ser feita no atual momento da história do Brasil: Por que as elites brasileiras odeiam Lula?

Stella Calloni: O assassinato da Justiça no Brasil. Um golpe no golpe?

1

Pode um Tribunal Superior Federal (STF) num país como o Brasil funcionar e julgar como se nada tivesse acontecido, depois de que pelo menos três generais, um deles o atual chefe do Exército, advertissem publicamente que se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não fosse preso, se veriam “obrigados” a dar um golpe militar?

Do que vi, vivi e senti no Sindicato dos Metalúrgicos, na resistência de Lula à prisão

1

Nos últimos dias, estive imersa numa realidade vivida no quarteirão do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo. O debate em torno da arbitrariedade da decisão de Moro, sobre a seletividade da justiça e a necessidade de ampliar o ato em solidariedade a Lula eram temas comuns. Bons companheiros e companheiras se abraçavam a quase todo instante, palavras de ordem eram entoadas aos berros, almas eram lavadas a cada hora que passava.

Prisão de Lula visa reverter progressos e conquistas sociais, afirma governo de Cuba

0

O governo ministério das Relações Exteriores de Cuba lançou, na noite deste sábado (7), uma nota em que “reitera apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”. O texto ressalta que é um fato “gravíssimo tentar impedir o líder mais popular do Brasil de ser candidato à presidência do país”.

Paulo Cannabrava Filho: Lula preso. E agora???

3

E agora? É o que todos perguntamos… Reagirá esse povo?
Vi esse povo chorar pelo Chico Viola (em 1952), vi esse povo chorar por Getúlio Vargas (em 1954) e não demorou muito para eu ver esse povo chorar por Tancredo Neves (1985). Agora, de novo, vejo esse povo chorar por Lula (e Lula não está morto) Será essa a sina de nosso povo: chorar por seus ídolos mortos, por presidentes mortos ou depostos?

Moro: O tiro pela culatra

0

Em seu despacho, Moro que a princípio tece considerações e parece benevolente, ao dar ao réu a opção de apresentar-se por sua própria vontade até as 17 hs, em Curitiba, não é o que parece. Outrossim diz ter preparado uma cela do “Estado Maior” (literalmente verborragia da caserna) e, vejam só, veta terminantemente o uso de algemas, tem de ter um motivo. Benevolente, né?

Diálogo para deter a violência política

0

A escalada de violência política, deflagrada desde as jornadas pela deposição da presidenta Dilma Rousseff, tem se intensificado progressivamente no país e chegou ao seu ápice nas últimas semanas, com as execuções da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes, em plena vigência da intervenção militar no Rio de Janeiro.

“Elites da América Latina não querem democracia”, diz Lula em entrevista a Correa

0

Na nova edição do programa de entrevista “Conversando com Correa”, no canal RT en Español, o ex-presidente do Equador dialoga com Lula da Silva, o ex-presidente progressista do Brasil e principal líder do Partido dos Trabalhadores. A conversa entre ambos aborda as dificuldades históricas e políticas que afetaram a América Latina — especialmente em sua relação com os Estados Unidos — e sua necessidade de seguir lutando para manter a dignidade social diante de qualquer tentativa de submissão.

Decisão do STF desta quinta não impede candidatura de Lula, mesmo na cadeia

1

O Supremo Tribunal Federal (STF) negou, nesta quarta-feira (04), o pedido de Habeas Corpus (HC) preventivo feito pela defesa do ex-presidente Lula. Com a medida, ele poderá ser preso a partir do pedido de execução provisória da pena que será definida pelo TRF4 e pelo juiz Sérgio Moro.

Desmonte do setor nuclear é irresponsável e prejudica defesa estratégica do Brasil

2

O Brasil — junto com os Estados Unidos e a Rússia — é parte do seleto grupo de nações que possui em seu território minérios nucleares, geradores de energia e domina o ciclo do combustível nuclear de modo autossuficiente para a geração de energia elétrica.

O golpe no Brasil como elemento da Guerra Híbrida

1

Estava, desde o início, nos manuais de “conflitos irregulares” dos EUA. Foi por petróleo, é claro! Mas também por água, estatais rentáveis e estratégicas, a riqueza da Amazônia, a aproximação com Rússia e China

Os juízes da Corte, a ditadura judicial e as eleições de 2018

2

Alguns vão dizer que o Toffoli, por ter sido nomeado por Lula, absolverá o réu. Outros dirão que é o plano estratégico da República de Curitiba para tomar o poder e transformar o país na primeira república causídica. Poderosos magistrados governando e legislando em causa própria. Uma ditadura judicial.

Patrus tenta impedir privatização da Eletrobras e desemprego em massa no país

0

O deputado federal Patrus Ananias (PT/MG) apresentoucerca de 40 propostas à Comissão Especial da Câmara que debaterá a privatização da Eletrobras tentada pelo governo no projeto de lei 9463/2018.